Olá pessoal, estamos de volta com o blog depois de alguns dias de correria absoluta. Hoje, vamos contar como foram as noites e mostrar apresentações que agitaram o 7º Congresso de Zouk do Brasil, realizado em São Paulo de 14 a 17 de novembro.

Abertura Congresso de Zouk SP no Memphis Moema recorde de público

O evento já começou no maior astral com a bombadíssima Noite de Abertura no Memphis Moema (veja na foto acima, tirada por Mel Madeira), que registrou seu recorde de público desde o início do projeto Zouk For Fã aos domingos durante o mês de maio. Muitos zoukeiros aproveitaram a véspera de feriado para conhecer a casa e dançar ao som dos Djs Edu, Allan Z e Zé do Lago.

Na sexta-feira, dia 15, rolou a tradicional Noite do Branco no Club Homs. Como já é costume, a galera se divertiu em dois ambientes: um só de zouk e outro com salsa e samba. E, mais um ano, a pista de zouk ficou totalmente tomada por dançarinos e professores de todo o Brasil e do Exterior. Pelas pick-ups, passaram os Djs Calado (DF), Allan Z (SP), Arkkanjo (RJ), Edu (SP) e Israel Szerman (DF).

Quer dar uma olhada no movimento da balada? Então, veja o vídeo acima, gravado pelo site Dance a Dois durante o set do Dj Edu. Nossa, foi uma surpresa muito boa encontrar este registro na internet. Como é bom tocar para tanta gente em uma festa tão especial quanto a Noite do Branco. Show de bola! Momento sensacional e inesquecível!

Nas noites de sábado na Solum Escola de Dança e de domingo no Homs, a energia também continuou contagiando a galera presente, que encheu os dois bailes. Além dos Djs citados, Wiliam, de Uberlândia, fez participações especiais nestes dois dias.

As apresentações da Noite do Branco

Este ano, diferente dos anteriores, as apresentações de zouk foram divididas em apenas duas das quatro noites, ambas no Club Homs. Neste post, vocês conferem algumas das performances dos professores do Congresso na Noite do Branco, que foram filmadas pelos site Dance a Dois, do carioca Leandro e a quem agradeço aqui pessoalmente.

Começamos com o novo trabalho da Cia Israel Szerman, de Brasília. Desta vez, os figurinos da coreografia, chamada de “Blue Jeans”, foram inspirados nos anos 60. 

Seguimos com uma parceria recente, mas cada vez mais consolidada: Bruno Galhardo & Eglantine Oliveira (SP).

Misture Belo Horizonte com São Paulo e o resultado está no vídeo abaixo. Com vocês, a energia do trio composto por Rodrigo Delano, Amanda Primo (que mora em São Paulo e se consagrou como atual campeã mundial de zouk) e a também mineira Angélica.

Zouk com fios? Você já viu! A novidade deu um charme especial à coreografia dos cariocas Renata Peçanha & Jorge Peres, que animou a plateia.

E fechando a primeira noite de apresentações, os organizadores do Congresso de São Paulo em uma coreografia carregada de sentimento e emoção: Philip Miha & Fernanda Teixeira.