Um dia especial com diversão para toda a família e onde o zouk ditou as regras e reuniu as pessoas. Assim foi o 17° ChurrasZouk, realizado no último sábado, dia 17 de março, na deliciosa Chácara Santa Eufrásia (a mesma dos anos anteriores), que fica em Jacareí, às margens do Rio Paraíba do Sul. Falando em água, este ano, felizmente, São Pedro decidiu dar uma trégua e nos brindou com um dia de calor e sem chuva, o que deixou a festa ainda mais bonita.

Das 11hs às 21h00, passaram pelo evento cerca de 400 pessoas, de todas as idades, tribos e de locais bem diferentes, confirmando que o ChurrasZouk já se tornou uma festa nacional (veja a animação do pessoal nas fotos do post, tiradas por Mari Piovezan, uma das organizadoras do evento). Conversei com zoukeiros do interior de São Paulo (Atibaia, São José dos Campos, Jundiaí…), Belo Horizonte, Brasília e até da Argentina e do Canadá. E, por se tratar de um evento para toda a família, tive oportunidade de rever velhos amigos do zouk, que quase sempre só aparecem nesta data por conta de outros compromissos no dia-a-dia.

A pista não ficou vazia um só minuto. Passaram pelas pick-ups nada menos do que 15 Djs dos mais variados estilos, mas posso dizer que os profissionais se mantiveram mais fiéis ao zouk mesmo, com muita kizomba, tarracha e até relembrando alguns clássicos do ritmo. Pela ordem, tocaram Poeta, Calado (DF), BlueEyes (DF), Ivan Amaro, Ruan, Zé do Lago, K-Yo (DF), Wagninho, Allan Z, Tico, Seven, Alex, Edu, Godox e Kalango. Logo acima, a foto mais completa que consegui do time, embora ainda falte o Dj Poeta. O mais interessante foi ver veteranos como Wagninho, Kalango e Godox (que comemorou seus 10 anos de carreira com uma bela homenagem no evento) dividindo espaço com quem estava vivendo seu primeiro ChurrasZouk, caso, por exemplo, dos Djs Poeta e Ivan Amaro.

Já no final da tarde e início da noite, tivemos a seleção mata-vontade, conduzida a quatro mãos pelos Djs Alex (que durante anos foi residente do Carioca Club e do Buena Vista) e Edu, com direto à merengue (conduzido pelo Dj Ruan) e axés antigos, que agitaram a galera (principalmente os zoukeiros na faixa dos 30 anos). Em seguida, Philip Miha fez uma brincadeira com o público e chamou a parceira Fernanda Teixeira para improvisar uma dança. Jota Junior & Jussara Andrade, campeões brasileiros de forró, se apresentaram na sequência, mantendo sempre o astral a mais de mil (confira os vídeos abaixo, que foram um pouco prejudicados pela iluminação, mas o que vale é o registro).

No final deste dia maravilhoso, ficou evidente aquele gostinho de quero mais. Dedicar um dia ao ritmo que tanto amamos e ver tantas pessoas reunidas pelo mesmo motivo, realmente, não tem preço!