Promessa é dívida! Durante a semana passada, chamamos os zoukeiros para nos ajudar a escolher as 10 mais de 2011. E a galera, como sempre, representou. Recebemos cerca de dez set lists, enviados por dançarinos, professores e Djs. Aliás, queria agradecer a participação de todos, em especial dos amigos Djs (Poeta, Gildo, Tico, Seven, Calado/BSB e Ivan Amaro).

Somando as opiniões da internet com o gosto pessoal dos Djs Edu e Mané, chegamos a um resultado bastante eclético, que foi divulgado ontem durante a bombadíssima Noite do Vermelho e Branco no Buena Vista. Aliás, foi a última noite do ano na casa, que volta a receber os zoukeiros a partir do dia 08 de janeiro. Vale lembrar que também tínhamos prometido a escolha das 10 mais da história do zouk, mas como esse ranking requer muito mais pesquisa e atenção, resolvemos deixá-la para 2012 (aproveite para mandar sua seleção no espaço de comentários do post).

Bem, vamos ao que interessa. A seguir, vocês conferem os 10 maiores sucessos do ano segundo o blog Planet Zouk, a opinião da internet e dos Djs Edu e Mané. Vamos lá! Em 10º, ficou a pauleira de Elena Paparizou, “My Number One”, sucesso em São Paulo e na Argentina.

Em 2011, a tarrachinha conquistou de vez as pistas de zouk pelo Brasil. E chegou à 9ª posição com um som do cantor Elizio pra lá de sensual: “Put It Down”. Detalhe: o clipe também ficou uma delícia.

Em 8º, remix do Dj Allan Z que se tornou praticamente o “hino” do Congresso de Zouk de São Paulo, realizado em novembro. Com vocês, “Gravity”, que aqui foi interpretada pelos professores Philip Miha & Fernanda Teixeira.

A deliciosa kizomba “Coisa Doida”, de Yola Araújo e Adi Cudz, ficou entre as mais votadas na internet e garantiu a 7ª colocação.

Em 6º lugar, a grande J.Lo, que voltou ao topo das paradas em 2011 e, por sorte, lançou um hit com batida de zouk: “I’m Into You”. Aqui em São Paulo, as duas versões mais tocadas deste som foram produzidas pelos Djs Israel Szerman (BSB) e pelo Dj Mané (SP).

Em 2011, só deu ele na cena do zouk brasileiro. Com um trabalho diferente e ótimas composições, Paulo Mac acabou conquistando até mesmo os zoukeiros mais tradicionais e, por isso, o hit “Vontade de Amor” garantiu a 5ª colocação do ano.

No 4º lugar, o romantismo da cantora Perola, que fez todo mundo dançar em 2011 com “I Wanna Let You Know My Name”.

E chegamos à medalha de bronze do ano, que ficou com o grande Nelson Freitas (sem dúvida, um dos melhores cantores de zouk da atualidade). Sua parceria com Mark G. em “I Wish” rendeu uma merecida 3ª colocação no nosso Top Ten.

A medalha de prata do ano ficou com ele, que ainda está devendo uma turnê no Brasil: Anselmo Ralph. Em 2011, praticamente ninguém brilhou mais do que ele. E, na história recente do zouk, poucas músicas se transformaram no fenônemo de “Não Me Toca”.

E chegamos à medalha de ouro: a mais pedida, a mais executada do ano. Em 2011, uma mulher conquistou nosso posto mais alto: a cantora Celma Ribas, que está no melhor momento de sua carreira. Atire a primeira pedra quem não dançou “One Love” pelo menos uma vez em 2011. E aqui está este, que foi o maior hit do ano, lançado em São Paulo pelo amigo Dj Godox. Vamos curtir este sucesso na interpretação da Cia Israel Szerman, de Brasília, durante o Congresso de Zouk de São Paulo.